ASSOCIAÇÃO DE PRAÇAS DA POLÍCIA MILITAR E CORPO DE BOMBEIRO MILITAR DE MATO GROSSO DO SUL

DEFENDENDO A VALORIZAÇÃO DOS NOSSOS ASSOCIADOS COM AUTONOMIA E INDEPENDÊNCIA!

Entidades classistas solicitam a inclusão dos Militares Estaduais no grupo prioritário para vacinação contra a COVID-19

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

A Associação dos Praças da Polícia Militar e Bombeiro Militar do MS (ASPRA-MS), juntamente com a Associação dos Oficiais Militares Estaduais do MS (AOFMS), Associação dos Militares Estaduais do MS (AME/MS) e Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e Bombeiro Militar do MS (ACSPMBM/MS), encaminharam um ofício ao Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, solicitando a inclusão dos Policiais e dos Bombeiros Militares de MS nos grupos prioritários de imunização contra o vírus Sars-Cov-2 (COVID-19).

O presidente da ASPRA-MS, Cb PM Eduardo Ferreira, explica que a atuação dos Militares se expandiu em atendimento à população, assim, se expondo diuturnamente aos riscos inerentes a profissão e também ao coronavírus.

“Entendemos que os Policiais e Bombeiros Militares estiveram trabalhando incessantemente no enfrentamento da COVID-19 desde o início da pandemia até o presente momento, inclusive na segurança e escolta das vacinas, e atuando na linha de frente e expostos ao contágio direto, onde mantivemos o nosso trabalho normalmente, mesmo diante dos riscos. Por isso, acreditamos que seja necessário que os Militares Estaduais estejam alocados no grupo de prioritário para receber a vacinação nas primeiras fases do plano nacional de imunização e consequentemente, servir e proteger a sociedade sul-mato-grossense com mais dignidade e segurança”, ressaltou o presidente da ASPRA-MS.

Confira o ofício das entidades classistas na íntegra:

Comente